Arquivo | Andarilhos de Faerûn RSS feed for this section

Momentos RPG #4

25 ago

Sessão que rolou em Abril desse ano, sonzera rolando solta.

Anúncios

Muitos agradecimentos e um pedido de desculpas

10 jun

Pessoal no último sábado tivemos uma audiência monstruosa na nossa sessão, cerca de 300 pessoas viram ou pelo menos tentaram ver a última sessão dos Andarilhos, infelizmente por problemas técnicos e nobisse desse que vos escreve, tivemos muitos problemas pra mandar as imagens e um atraso do grupo todo acabou por sepultar a paciência de muitos que queriam ver a tal sessão de RPG ao vivo.

Queria mandar meus agradecimentos aos agregadores de blog Link Log e Link Irado que disponibilizaram com prazer a nossa propaganda, e as comunidades do Orkut Últimos Dias de Glória, Forgotten Realms Brasil, Dungeons e Dragons Brasil (que apagou o tópico no outro dia, mas tudo bem), Floresta Esmeralda e Sim eu jogo RPG, além de todos que estiverem ou tentaram estar com a gente.

Bem, passado tudo isso, voltaremos a jogar nessa sexta-feira com uma estrutura de transmissão melhor, assim que tiver os detalhes passo aqui.

RPG ao vivo nesse sábado!

4 jun

Depois da primeira transmissão experimental, a Taverna do Léo transmitirá mais uma seção de RPG amanhã, a partir das 17:00 h. Basta clicar no link abaixo:

!RPG AO VIVO!

Nesse link além de acompanhar a seção com vídeo e áudio, você pode participar no chat com o DM, no caso, eu. Se você não conhece o que é RPG é sua chance de ver como uma mesa funciona ou mostrar a quem ainda sofre com o preconceito imbutido pela TV que RPG não tem nada demais.

Agradecimentos

29 maio

Queria agradecer a todos que acessaram a nossa transmissão ao vivo na noite de ontem, realmente foi uma experiência nova e muito divertida. A próxima seção deverá ser no próximo sábado, com horário ainda a se definir e será avisado aqui no blog, já contaremos com uma nova webcam (certo Eder?) que tem um ângulo maior de cobertura e uma melhor qualidade de imagens. Fica o agradecimento de todos os Andarilhos de Faerûn e o convite a uma nova seção.

Abraços.

Seção dos Andarilhos ao vivo, hoje!

28 maio

Hoje vamos testar os novos recursos de envio de vídeo e áudio via internet e transmitiremos a seção a partir das 20 horas, quem quiser acompanhar é só clicar no link abaixo.

http://www.ustream.tv/user/tavernadoleo

Há espaço para chat e até pesquisas, pra quem desejar interagir com o grupo. Espero vocês por lá hoje.

Andarilhos de Faerûn #10

14 abr

– Quem vem lá? – brada Soma.

– Fomos enviados do Asilo da Martamor, viemos em busca de um grupo de aventureiros desaparecidos, aqueles que investigam o sumiço do gado de Neve Morta, por acaso são vocês? – responde um homem de aparentemente trinta e poucos anos, ele está acompanhado de outro homem.

– Sim somos nós homem! Ajude-nos aqui, estamos feridos e não temos mais mantimentos. – tratou de esclarecer Max.

Em segurança nossos heróis desceram a pequena montanha e depois de se reunirem com os fazendereiros da vila e de quase entrarem em guerra com eles, o grupo decide seguir a última pista que acabara de cair no colo deles, uma unha de Wivern que foi achada num dos locais de ataque, o que os levava a acreditar que esses animais tinham um ninho próximo, e que este estaria na montanha mais alta da vila.

Encontrar a montanha não foi nada difícil, subir até o topo e derrotar o pai das criaturas e ainda descer com alguns animais é que foi difícil. Apesar das dificuldades os jovens aventureiros conseguiram completar sua missão, mas mesmo recebendo a recompensa da vila eles ficaram ressentidos com o tratamento que receberam dos fazendeiros, e decidiram dali partir sem nem mesmo procurar Braúna ou os outros para se despedir, o novo destino era Águas Profundas, onde o clérigo de Mystra tinha assuntos a tratar.

Águas Profundas

Águas Profundas

Andarilhos de Faerûn #9

7 abr

– Tem certeza que é seguro descer por esse túnel Quarion? – o bárbaro Soma teme pela vida de seus amigos que descerão primeiro no elevador de acesso a antiga mina abandonada.

– Certeza não, mas alguém tem que descer primeiro. – resumiu a situação o clérigo de Mystra.

Infelizmente para Max, Nicos e Talindra os temores do bárbaro estavam certos, a luz de suas tochas disparou uma armadilha fotossensível, banhando os 3 em ácido, nada fatal, mas bastante doloroso.

Passado esse contratempo, nossos aventureiros foram recebidos por vários zumbis que empesteavam a mina, além de monges de Shar, que aparentemente defendiam o que seria o templo deles.

Passaram-se vários dias, o grupo não conseguia progredir muito dentro das minas e tinha que fazer muitas paradas para recuperarem as energias, o que dificultava muito o avanço foi o fato do elevador ter sido inutilizado, prendendo os heróis na mina, pelo menos temporariamente.

Por fim, o grupo chegava aos confins da masmorra, encontrando o templo secreto de Shar, defendido por Inar, a sumo-sacerdotisa da deusa. A luta é encarniçada, mesmo sozinha contra o grupo, ela se defende bem e derruba pelo menos 3 dos aventureiros antes de cair na escuridão eterna.

Muito feridos e com dificuldades extremas, os aventureiros saem da mina 8 dias após terem entrado, e na boca da mina eles tem uma surpresa.